segunda-feira, 2 de maio de 2011

Querem ver que é verdade....

Não guio a minha vida por horoscopos ou tarot... mas por curiosidade consultei o meu e não é que tem um "quê" de verdade:

"Muitas vezes, o que custa mais ao ser humano não é a perda, mas sim, a desilusão. Não há nada pior do que perceber que nos enganámos no que toca a algo ou alguém! mas de quem é a culpa? É de quem é que se iludiu? Não, nossa, claro! Somos nós que montamos verdadeiros filmes na nossa cabeça, é aí que o nosso discernimento fica comprometido e deixamos de ver a realidade. Damos, damos e damos ainda mais, pensando no retorno e depois quando não nos correspondem da forma como imaginámos, aí é que a “casa vai abaixo”. Mas... damos e damos à espera de retorno? isso talvez não seja generosidade pura... o que será?

Nunca se arrependa do passado, pois tudo o que fez e deu, deu-o de livre e espontânea vontade e, com toda a certeza, esse acto fez de si alguém maior e melhor.

O talvez seja tempo de questionar alguns comportamentos e conceitos, particularmente aqueles que lhe fazem mal, ou seja, os excessos, os extremismos. O querer controlar os acontecimentos, ou pessoas, por exemplo, mesmo que por... amor, é altamente destrutivo.
Se se mantiver em harmonia será mais fácil superar qualquer tempestade que assombre o seu caminho.

É tempo de virar as suas baterias noutra direcção. Nossos voos, novas rotas, precisam-se!"

Ora aqui fica para pensarmos um bocadinho.....