Ontem e hoje passei o dia na praia com os meus pais e com umas pessoas amigas e venho PARVA com as coisas que vi!


Há pessoas que não são possíveis de descrever nem de perceber!
Vi de tudo um pouco, desde pessoas a tomar banho vestidas de calções e t-shirts e quando se baixavam vi que tinham cuecas de algodão vestidas, pessoas obesas a passarem o dia todo, mas senhores quando digo todo é todo mesmo, a comerem como se não houvesse amanhã, crianças debaixo de sol tórrido entre as 13h e as 16h a brincarem com os pais a assistirem, pessoas a deixarem o lixo no chão, ir passear à beira mar e voltar ao meu chapéu e ter outras pessoas a montarem os seus "estaminés" mesmo em cima de nós, quando existe um areal enorme vazio para o lado e para trás, pessoas com pinças a retirar os pêlos das virilhas, pernas, arranjarem sobrancelhas umas às outras e a retirar cabelos brancos da cabeça, etc...


Mas mais giro que isto, foi conseguir ouvir as conversas que se passam à nossa volta e perceber que o português é mesmo pobre de espírito...e pior, GOSTA!
Deixo-vos alguns exemplos:

  • vou-me alevantar;
  • o chapéu vai avoar com este vento;
  • prontos e foi assim;
  • agente vai ao café;
  • hoje a camineta vinha cheia;
  • da próxima talvez póssamos vir juntos;
E estes foram apenas alguns exemplos.
Bolas pá, de facto nem todos têm que ser doutorados nem mestrados, e é certo que nem todos são letrados, mas bem que podiam fazer um esforço...
Às vezes mais me parecia aquela máxima muito comum do "sou pobrezinho e gosto de ser assim"!!

Isto faz-me muita confusão, jurooo! 
Mas foi só um desabafo meu...

Xoxo
Butterfly

Comentários

Mensagens populares