Afinal há esperança

Desde que descobri isto dos blogs, o primeiro que li foi o da Pipoca mais doce!
Confesso que fiquei fã, mas não li os posts publicados anteriormente e comecei a seguir a Ana apenas após a leitura daquele primeiro. Porém o blog já existia desde 2005 e eu, que agora estou de férias de final de contrato e estou com tempo livre de sobra, decidi ler o blog desde o primeiro post que ela escreveu.

Se já era fã, fiquei SUPER FÃ!
Foi muito giro ler sobre as viagens, o período de desemprego e as lutas com a Segurança Social e com as Finanças, mas melhor ainda foi ler sobre as desilusões amorosas e de repente em 2008, após uma desilusão amorosa gigante, ela conhece o Ricardo e até hoje vivem felizes! Já têm um filho e tudo!

Ou seja, há esperanças para todas como eu, que procuram uma alma companheira com quem dividir a vida!

Já conheci a minha alma gémea há muito tempo, as coisas não resultaram e acabamos por nos separar. Depois, e como foi um amor tão grande, sempre pensei que a vida acabaria por nos juntar, mas não...pelo menos não nesta vida! Perdeu a guerra contra um cancro e partiu no meu dia de aniversário há 3 anos.

Vivi entretanto outras tantas relações, todas falhadas claro, e hoje em dia anseio por encontrar alguém.

Este desejo esteve adormecido algum tempo, primeiro porque fui trabalhar para uma empresa onde sempre quis ir trabalhar e que me deu um chuto no rabo ao fim de 3 anos, para não me colocar efectiva.
Uma das grandes ambições que sempre tive foi ter sucesso profissional e chegar a um lugar de chefia, por isso, sair da empresa foi como se me tirassem o coração.

Depois seguiram-se 6 meses de desemprego, e a entrada em outra empresa (em Setúbal) onde estive até decidir (de forma tresloucada) mudar de vida para onde vou agora - em plena Avenida da Liberdade. E não sei porque, mas tenho um feeling mesmo positivo sobre esta oportunidade.

Posto isto, chegou a hora de Amar! Olha, faz-me lembrar o livro Comer, Orar e Amar.
A parte do Comer (tem dias piores) mas está mais controlada por agora, Orar já o fiz muito por tanta coisa que passei e agora espero ansiosamente o Amar.

Vou acreditar que este é o ano, não vou procurar e ele é que me vai encontrar!

The Pink Butterfly





Comentários

Mensagens populares